Mauricio de Nassau, uma "maratona" de mudanças

Partilhar

Quando em 2010 surgiu a noticia da 1ª Maratona Internacional Mauricio de Nassau, muitos corredores comemoraram já que provas nesta distancia são raras na nossa região. Até então, quem sentisse vontade de participar de maratona, teria que se aventurar por outros estados e ate paises.

Como tudo na primeira vez e devido a magnitude da prova, a 1ª  Maratona Mauricio de Nassau apresentou inumeras falhas o que pode ser considerado ate normal; contudo permanecer cometendo os mesmo erros, certamente dará ao evento uma descredibilidade sujeitando-o ao abandono nos próximos anos principalmente para quem participa dos 42 km.

As prncipais mudanças em 3 anos:

Data da realização: Em 2010, em  novembro, em 2011 em julho e em 2012 em setembro.

O mes de uma prova assim tem que ser mantido fixo e de preferencia não deve chocar com outras maratonas existentes no Brasil. Este ano em 30 de setembro, estará ocorrendo uma maratona em Florianopilis-SC e outra em Foz do Iguaçu-PR. Não tem como atrair atletas dessas regiões para o Nordeste se eles terão provas semelhantes (e quem sabe mais organizadas por lá).

De setembro ate dezembro, historicamente são os meses com menor indice de precipitação pluviométrica no litoral do nosso estado, e com temperaturas medias em torno dos 30º C, desta forma o horario da largada as 7:00 hs e com chegada da maioria entre 11 e 12 hs, tornará extremamente desgastante sendo um atrativo para desistencia de muitos, principalmente se houver falhas na hidratação como nas 2 primeiras edições (água servida quente e até falta do precioso líquido)
Os maratonistas poderiam ter sua largada antecipada, digamos para as 6:00 hs ou o evento ser transferido para os meses onde as temperaturas são mais amenas, ou quem sabe ainda, realiza-la no cair da tarde inicio da noite.

Outra mudança polemica, será no percuso para 2012. O chamado trecho norte, ate a cidade de Olinda deixa de existir e os atletas terão que realizar 2 idas ate Boa Viagem.

O infográfico divulgado no site oficial, deixa muitas duvidas quanto as ruas e avenidas por onde os atletas deverão passar.



Esta mudança é otima para a organização da prova porque logisticamente gasta-se menos em tudo (menos staffs, menos ruas e avenidas fechadas, etc) mas para o corredor, psicologicamente é penante demais ter que executar um mesmo percurso por 2 vezes, principalmente se este percurso tem 21 km!

Quando o site do evento foi ao ar, no inicio de junho, o percurso divulgado era o mesmo dos anos anteriores. A mudança aconteçeu recentemente, a cerca de 1 mes quando muitos ja haviam realizado suas inscrições para usufruir de menores preços e para garantir a sua vaga. Mudanças como esta, não podem ocorrer desta forma. A continuar assim, em 2013, se esta maratona ainda existir, serão 8 voltas no circuito da Rua da Aurora e Cais do Apolo! 

Para concluir, uma boa maratona não é aquela que ofereçe a maior premiação ou sorteia um carro 0 km com os participantes. Uma boa maratona é aquela que agrega valores para a região onde ela aonteçe, que escreve sua marca no calendário de corridas de um pais e acima de tudo é aquela que valoriza os corredores dando-o suporte em todos os momentos.

Uma boa prova para todos.
Copyright © FotoCorridaPE |
Conheça nossa Política de Privacidade | Tecnologia do Blogger
Twitter
Facebook
Google +
Instagram